Eventos Automotivos

Salão do Automóvel – Vorax, primeiro superesportivo com design brasileiro

Rossin-Bertin Vorax - um carro com design 100% brasileiro

Com a ânsia por quebrar barreiras, alguns técnicos brasileiros resolveram desenvolver um super esportivo com design 100% nacional, e depois de 8 anos de trabalho estão expondo o Vorax no salão do Automóvel que esta acontecendo em São Paulo. Valle ressaltar, apenas o design é brasileiro, isso porque o motor é importado.

A ideia da criação do modelo foi do Fharys Rossin, ex- designer da General Motors que participou da concepção do novo Camaro e criou a Rossin-Bertin em parceria com a Platinuss.

O motor, da BMW, é um 5.0 V10, com 570 cavalos de potência, mas pode chegar a 750 cv na configuração Supercharger. Na versão ‘apimentada’, o Vorax vai de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e chega a 372 km/h. O nome dessa máquina vem do termo “voracidade” e, segundo a marca, representa todo o empenho para a criação do “devorador de asfalto”.

Versão conversível do superesportivo nacional "Vorax"

O carro foi apresentado nas versões cupê e conversível, mas ainda levará mais um ano para ficar pronto para as ruas. No primeiro ano de vendas a marca esperar chegar a 50 unidades. Cinco anos após o lançamento, a previsão é comercializar 300 unidades anuais, cada uma com o preço estimado em R$ 700 mil.

via: G1

Comentário

Clique aqui para postar um comentário

  • O carro tem estilo evoluído, mas nada impressionante, tem um motor que concede o título de esportivo que pode dar certo, mas esse farol de milha redondo destoa totalmente do conceito. Dica: Um farol de milha trapezoidal alinhado com o farol principal, pois isso me parece um recurso mal pensado e de última hora. 8,5 para o design. Desenhar um carro é fazer uma história não um momento.