Vai modificar ou tunar o carro? Consulte sua seguradora para evitar problemas

carros tunados

Quem modifica ou tuna carros tende a transformar o hábito em um verdadeiro vício, e a julgar pelos altos custos envolvidos em deixar o automóvel ao seu melhor jeito, gosto e estilo, é certo que os adeptos desse tipo de modificação não poupam esforços para proteger o seu investimento.

O grande problema é que ainda não existe um consenso entre seguradoras sobre o aceite ou não de carros modificados ou tunados. As hipóteses variam de seguradora para seguradora. Num geral, porém, a possibilidade de a seguradora encerrar o contrato e deixar o modificador “a ver navios” é grande.

Os argumentos das seguradoras

Existem n motivos para as seguradoras rejeitarem uma proposta. Em relação aos carros modificados / tunados, as principais razões são:

  • Risco ao motorista: a substituição de peças originais pode aumentar o risco de envolvimento em acidentes ou danos ao veículo, o que automaticamente aumenta o preço do seguro auto, podendo torná-lo até mesmo inviável. Pesquise e compare sempre o valor do seu seguro auto;
  • Condução arriscada: a ideia de que os adeptos do tuning possuem um perfil de condução mais veloz e arriscado intensifica o risco de acidentes, o que também justifica o aumento no preço do seguro;
  • Manutenção mais cara: a substituição das peças originais por peças modificadas torna a manutenção do veículo muito mais cara e eventual substituição das peças inviável, o que também encarece o prêmio.

É importante entender que o preço do seguro, geralmente, atua como um “seguro da seguradora”: quanto maior o risco de o cliente precisar do seguro, mais caro as seguradoras cobram. No caso dos carros modificados / tunados esse risco se intensifica de diversas maneiras, tanto no que diz respeito aos custos de manutenção do veículo como na maior probabilidade de ocorrência de acidentes ou roubos, já que carros tunados tendem a ser mais visados.

Informações do Sindicato dos Corretores de Seguros afirmam que um carro rebaixado aumenta em 20% a probabilidade de ocorrência de acidentes, por conta do maior contato com o chão. Outro problema dos carros tunados com os seguros é que as modificações podem tornar inviável a sua localização em caso de roubos.

Jogue limpo com a seguradora

Para evitar qualquer tipo de imbróglio e não correr o risco de ficar sem o seguro quando precisar dele, é importante jogar limpo com a seguradora. Se você já possui um carro segurado e pretende modificá-lo, é indispensável consultar a empresa para saber se ela continuará oferecendo a proteção do veículo tunado. Isso porque, no contrato original, a seguradora se compromete a proteger um carro com x características – e, com a modificação, ele se torna um carro com y características, alterando os riscos e a proteção necessária.

Se, por outro lado, a ideia é contratar um novo seguro para o carro modificado, é importante regularizá-las junto aos órgãos competentes (como o Detran) e realizar cotações junto a empresas distintas para encontrar o seguro para carros tunados mais adequado e compatível com o seu caso e suas necessidades.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *