Problemas e defeitos de alto-falantes não cobertos pela garantia

Muitos dos amantes de som automotivo já devem ter passado pelo constrangimento de comprar um alto falante e mesmo com pouco tempo de uso ele deixa de tocar, indo a loja atrás da garantia do equipamento e descobrir que ela não cobre o defeito. Pensando nisso, em parceria com o site Som automotivo Brasil trouxemos quais os defeitos de alto-falantes não são cobertos pela garantia das fabricantes.

Reparo-Alto-Falante-Garantia

Bobina descolada da membrana:
Este problema acontece quando se ultrapassa o nível de potência do amplificador (Clipando), gerando onda quadrada. Nessas condições a bobina gera muito calor e não tem excursionamento coerente à dissipação de calor da bobina, carbonizando-a.

Garantia-Defeito-Alto-Falante

Bobina queimada em uma extremidade:
Ocorre quando há clipping assimétrico (apenas parte da bobina está queimada) ou, DC na saída do amplificador, aonde a bobina sai parcialmente do gap em apenas um dos sentidos (Para dentro ou para fora dos entre ferros). As espiras perdem esta proximidade com os entre ferros do conjunto magnético e não tem seu calor devidamente dissipado, queimando o verniz da mesma.

Garantia-Defeito-Alto-Falante-2

Fadiga mecânica:
O alto-falante apresenta visível descoloração do cone, afundamento da borda e centragem. Este é um desgaste natural causado por tempo excessivo de utilização.

Garantia-Defeito-Alto-Falante-3

Cordoalha queimada:
Geralmente acontece quando se tem excesso de potência aplicado no alto-falante onde a cordoalha nesta situação, funciona como um fusível, e fica inutilizável.

Garantia-Defeito-Alto-Falante-4

Bobina queimada com espiras soltas no GAP:
Problema causado quando o alto-falante é submetido a um nível muito alto de distorção ocasionando a queima do verniz da bobina, comprometendo a estrutura da mesma e soltando o enrolamento do GAP.

Garantia-Defeito-Alto-Falante-5

Centragem ou borda cortada:
Decorrente da não observância do corte mínimo de frequência recomendado pelo fabricante, extrapolando o Xmax do alto-falante, onde o mesmo excursiona demais ocasionando a ruptura da centragem ou da borda, também podendo ocorrer em caixa fora de sintonia ou mal projetada.

Garantia-Defeito-Alto-Falante-6

Cone dobrado ou cortado na base da bobina:
Este problema também está relacionado ao corte de frequência (frequência muito baixa), causando um excursionamento em excesso, o que provoca o rompimento do mesmo.

Garantia-Defeito-Alto-Falante-9

Carcaça quebrada ou amassada:
É necessário muita atenção com estes danos, que ocorrem em geral devido a acidentes com transporte ou queda do produto, o que caracterizam a perda da garantia original.

Garantia-Defeito-Alto-Falante-10




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *