Dúvidas comuns sobre freios ABS e CBS nas motos

freios-ABS

1) Que motos terão que ter ABS?
As motos novas com mais de 300 cc de cilindrada, produzidas no Brasil ou importadas, deverão ter o sistema ABS. As motos com menos de 300 cc poderão ter ABS ou CBS.

2) Que motos terão que ter CBS?
As motos com menos de 300 cc poderão ter CBS ou ABS.
Estão fora da regra motos de uso exclusivo fora de estrada (off-road), militares e elétricas que não atingem 50 km/h.

3) A partir de quando a regra valerá?
A partir de 1º de janeiro de 2016. Primeiro, para 10% motos das novas. Em 2017, esse percentual sobe para 30%. Em 2018, 60%. E, em 2019, 100%.

4) Na prática, o que esses sistemas fazem?
O ABS evita o travamento das rodas em frenagens bruscas e facilita a parada em pisos escorregadios. Mais simples, o CBS distribui a força de frenagem entre as duas rodas e diminui a distância que a moto leva para parar, mesmo que o motociclista só acione o freio traseiro, um hábito incorreto.
Veja o exemplo da CG 150 Titan, conforme dados da Honda:

– sem CBS, a moto leva de 30 a 41 metros para parar quando o motociclista usa só o freio traseiro, dependendo da dosagem aplicada;
– com CBS, até 28 metros.

5) O quanto esses sistemas vão encarecer as motos?
A associação das montadoras de motocicletas (Abraciclo) diz que ainda é cedo para calcular o impacto no preço das motos. Comparando os valores do modelo Honda CB 500, a versão com ABS é R$ 1,5 mil. mais cara. Já o CBS deve causar impacto menor. A Honda CG 150 Titan que tem o sistema custa R$ 180 a mais do que a tradicional.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *