Como legalizar carro rebaixado

legalizar carro rebaixado

Tem que ser o dono ou procurador (procuração pública). Se for financiado, tem dois jeitos. CDC o carro fica em nome do dono e nas observações o gravame do banco, o dono pode ir normalmente e fazer as requisições. Se for Leasing, onde o carro fica em nome do banco, e nas observações o nome do comprador, é necessário a autorização do banco para fazer o procedimento.

Primeiro vai no Detran do SIA, no setor NUVIP, com o carro original. Eles vão fazer uma vistoria simples e dar a autorização de troca das molas, e será marcado o retorno para a segunda vistoria, que já deve ser feita com as molas esportivas. Nesse dia, levas a nota fiscal das molas e nota fiscal do serviço de troca das molas. Na vistoria eles vão olhar TUDO, todos os itens e luzes.
Depois vão dar uma autorização pra inmetro, que pode ser na SETA ou na FINATEC.
No inmetro, eles vão olhar tudo de novo, todos os itens, e depois fazer os testes da suspensão. Após os testes ele vão emitir o CSV. Depois é só levar o CSV na NUVIP de novo, e eles vão terminar de preencher um formulário e falar pra ir no atendimento pra inserir a observação de suspensão alterado no documento. Vai ser gerado um boleto da emissão do novo CRV (DUT), que depois de pago é só voltar no atendimento e pegar o novo doc. Se tiver tempo e paciência da pra fazer tudo em 2 dias tranquilo.

Taxas: Inmetro R$ 390,00 + Detran R$ 213,00. Total R$ 603,00, fora as molas e mão de obra.
(Obs: NÃO LEGALIZA RODA EM BRASÍLIA, LEGALIZA APENAS MOLAS ESPORTIVAS)
Esse foi o processo feito pelo Victor Souza essa semana, dono do CrossFox nas fotos abaixo.

E para legalizar rodas ?

Para legalizar rodas é necessário transferir o carro pro Goiás, o processo mais fácil é ir atrás de um despachante que agilize esses precedimentos de transferência e de autorização de modificação. Pra legalizar roda e suspensão no Goiás vão gastar entre 1200 e 1800 reais, lembrando que no Goiás também se legaliza suspensão regulável.

Espero ter ajudado.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *