Como devem ser construídas as caixas acústicas (caixa de grave). Vejam algumas dicas.

Quando pensamos em instalar um som com qualidade em nosso carro pensamos: Preciso de alto-falantes nas portas, no tampão traseiro e de um caixa de grave. Entretanto, o que muitos não sabem, até mesmo 90% da lojas de instalação de som automotivo é que, a construção de uma caixa de grave requer muitos cuidados, isso para conseguir um perfeito funcionamento dos subwoofers, a construção das caixas acústicas devem ser adequadas às características do subwoofer.

Vale ressaltar que, uma caixa bem projetada irá fazer com que seu alto-falantes trabalhe em condições ideiais, reproduzindo sons com eficiência e qualidade, sem riscos de danos por excesso de excursão. Portanto, uma caixa acústica construída dentro desses parâmetros pode fazer com que aumente a intensidade do som, obtendo um controle de excursão e uma boa resposta.

E como é feito a caixa de grave? Como afirmado acima, fazer uma caixa de grave não é apenas corta alguns pedaços de madeiras e junta-los, como muitas lojas fazem. Faça um teste, quando for instalar o som em determinada montadora, preste atenção se o instalador irá se preocupar com a litragem da caixa. Não pense que, pelo fato de trabalhar com isso ele sabe todas as litragem dos mais diversos tipos de alto-falantes, besteira pensar assim. Por outro lado, um ponto interessante, antes de começar a fazer a caixa, veja se ele irá perguntar de qual tipo de grave você gosta. (grave mais seco: bum bum bum, ou grave mais estendido: buuuuummmm buuummmm), porque a caixa é diferente para cada tipo de grave.

O cálculo da caixa acústica deve levar em conta os parâmetros Thiele-Small do alto-falante, bem como o resultado final que se deseja, como mostrado no exemplo acima. Por esse motivo existem vários tipos de caixas acústicas. As mais comuns são: SELADA (closed), DUTADA (vented) e BAND-PASS.

A escolha de uma caixa acústica depende de sua utilização. Para tanto, deve se levar em consideração as características de cada caixa e em qual modelo ele irá trabalhar melhor e adaptar ao gosto do cliente. Suas características são:

Selada – Excelente resposta a transientes, resposta de freqüência plana, baixa distorção em toda faixa, alta potência, ideal para quem deseja um grave puro e profundo.

Dutada – Resposta de graves estendida, alto SPL, boa resposta a transientes, baixa distorção na freqüência de sintonia, ideal para quem deseja graves reforçados.

Band-pass – Resposta de graves estendida, banda de freqüência definida. Boa resposta a transientes. Notem que fica mostrando apenas o duto, porque o subwoofer fica dentro da caixa.

Pesquisas que levaram a este artigo:

  • Carro com som de 2014 com 20 de grave
  • aprender a fazer caixa de grave para carro com alta qualidade e potencia
  • tampão de som
  • qual melhor caixa para grave automotivo
  • passo a passo construcao de caixa de som para graves
  • os modelos d caixa d mas graves
  • modelo de caixa esterio com grave
  • dicas de modelos de caixas automotivas
  • como fazer caixa selada para som automotivo
  • como fazer caixa pro grave ficar bom
  • caixa ds som de carro para graves
  • caixa de grave band bass
  • caixa bandpass duto soprando
  • bandpass qual da mais grave
  • varios medelos de caixas de som para grave



One thought on “Como devem ser construídas as caixas acústicas (caixa de grave). Vejam algumas dicas.

  1. alex

    tenho 2sub cara preta da pioneer 400rms cada e gostaria de fazer uma caixa selada com tampão para por no meu fusca atrás do banco e gostaria de saber a medida da caixa. obs: os sub vão no tampão.agradeço des de já

    responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *