5 gambiarras que você não deve fazer no seu carro

gambiarras no carro

Confira abaixo cinco quebra-galhos que você não deve fazer em seu carro.

1. Riscar pneu careca
Há borracheiros que criam sulcos em pneus carecas. Essa prática é chamada de “pneus meia vida”. Nunca opte por esse serviço, pois ele diminui a resistência dos pneus. É preferível comprar um pneu de qualidade menor e que dura menos tempo do que riscar um pneu careca.

2. Adicionar água fria no reservatório
É recomendado levar o veículo ao mecânico caso ele consuma muita água rapidamente. Melhor ainda se o mecânico fizer parte da lista dos credenciados do seguro automotivo para ter qualidade assegurada. Além disso, nunca deve ser adicionada água fria em motores superaquecidos. O choque térmico pode acarretar em trinca no cabeçote ou empenamento.

3. Não consertar vazamentos
Não importa se é vazamento do câmbio, de freio ou do motor. Reparos paliativos nunca devem ser feitos. Além disso, a “solução” de adicionar óleo mais grosso não funciona. O câmbio ou motor é preparado para um tipo de óleo, por isso não adianta tentar adicionar outro. Fazer o reparo correto pode custar mais caro, mas fica mais econômico a longo prazo.

4. Não reparar o cinto de segurança corretamente
O cinto de segurança quebrou? Não esqueça que esse é um item de extrema importância do carro, e que pode salvar vidas. Se ele quebrar, você deve consertá-lo com alguém especializado e de confiança. Novamente, a lista de oficinas credenciadas do seguro do auto oferece as melhores opções disponíveis.

5. Retirar válvula termostática
Quando o carro está com superaquecimento, muitas pessoas tentam resolver o problema retirando a válvula termostática, sem colocar uma nova no lugar. O ideal é sempre substituir por outra de qualidade, pois dirigir sem a válvula faz com que o motor reduza sua vida útil em 50%.
Com esses cuidados, você garante que seu automóvel tenha uma vida útil maior!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *